quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Roma - Dicas e Passeios

Já tinha estado em Roma em 2010 com minha família mas dessa vez sabia que seria muito especial. Estarei alí com meu marido. Um dos lugares mais românticos do mundo. Nosso primeiro passeio foi Fontana Di Trevi. Estava muito ansiosa para que meu marido pudesse conhecer esse lugar. 


Não se esqueça de jogar a moedinha enquanto estiver de costas. A lenda diz que se jogar uma moeda você voltará a Roma. Comigo funcionou, vamos ver se dessa vez também vai funcionar. 




A Piazza Di Spagna é considerada uma das praças mais bonitas de Roma. Além da enorme escadaria com 135 degraus, alí se encontra a famosa igreja de Trinitá dei Monti. 




Está praça como vários outros pontos de Roma foram cenário de filme, nesta foto estamos na frente do restaurante onde foi filmado uma cena do filme Para Roma com Amor



A Piazza Navona é uma das mais famosas praças de Roma, lotada de restaurantes. Além de sua fonte principal Fontana dei Quattro Fiumi é aqui que fica a embaixada do Brasil.



O Pantheon  fica bem pertinho da Piazza Navona, ele foi construido a mais de 2000 anos. A igreja é linda e é nela que estão os túmulos do artista renascentista Rafael e de alguns reis italianos.


Fomos passeando de praça em praça, parávamos para tomar um sorvete em uma praça, um vinho, comer algo em outra. Assim aproveitamos para curtir o momento, namorar e descansar da caminhada. Via Veneto é das rua mais famosas de Roma cheia de lojas sofisticadas e restaurantes.  É nela que fica localizado o Hard Rock Café. 



O Coliseu, super conhecido pelo mundo todo, um dos principais símbolos do Império Romano, também conhecido como Anfiteatro FlavianoEsse anfiteatro abrigava mais de 50.000 mil pessoas e foi palco de diversas lutas com gladiadores e animais ferozes.




Estar ali é sem dúvida marcante, eu ficava me lembrando de todos os filmes que já tinha visto, ficava imaginando as lutas que ali aconteceram. Quantas pessoas morreram dentro daquelas paredes.



Lembre-se de comprar o ingresso com antecedência pelo site pois as filas são gigantes. Nós optamos pelo primeiro horário e antes das 8 da manhã já estavamos ali. Pudemos desfrutar do Coliseu em um momento muito oportuno com poucos turistas. 



A poucos metros do Coliseu fica o 
Arco de Constantino erguido para comemorar uma vitória de Constantino na batalha da Ponte Mílivio no ano de 312.



Saindo do Coliseu a melhor opção é fazer todo o Forum Romano. Você deve demorar uma manhã para fazer tudo isso e depois pode seguir caminhando para o Monumento Nazionale a Vittorio Emanuele II,  Piazza Navona, Pantheon e quem sabe até a Fontana di Trevi. Nós fizemos todo o centro turistico caminhando, inclusive um dia fomos até o Vaticano que fica mais retirado. 


O Palatino é uma das sete colinas de Roma, estando localizado de um lado o Forum Romano e do outro o Circus Maximus. O local é hoje um grande museu a céu aberto. Nesta colina ficavam localizados os palácios de Augusto, Tibério e Domiciano. 





O Forum Romano era o principal centro comercial romano.  Este foi o local onde tanto o Senado como o Governo tiveram início. O Senado, os gabinetes do estado, tribunais, templos, monumentos e estátuas foram gradualmente arquitectando toda a área.



Circus Maximus era um local onde se realizavam alguns jogos e corridas de bigas na antiga Roma. Julio Cesar aumentou seu tamanho original  chegando a acomodandar 250.000 pessoas. 


Alguns minutos caminhando você chegará ao Monumento Victorio Emanuele e do outro lado da avenida estará o Mercado de Trajano. 



O monumento foi desenhado por Giuseppe Sacconi em 1885, inaugurado em 1911 e concluído somente em 1935. O objetivo era homenagear o rei da Itália unificada. Ele está localizado na Praça Veneza. 



Perto do Vaticano está localizado o Castel Santo Angelo, conhecido como Mausoléu de Adriano, localiza-se à margem direita do rio Tiber. Hoje o castelo é um museu e conta com uma bela vista do Vaticano do seu andar superior. 


Meu bairro favorito é o Trastevere, fica localizado as margens do Rio Tiber ao sul do Vaticano. As ruas são de paralelepipido repletas de artistas de rua, restaurantes, cantinas, tratorias e comerciantes locais.  


A diversidade de restaurante neste bairro é maravilhosa, autênticos restaurantes Romanos. Minha dica pessoal é não peça o vinho tinto da casa em Roma. Eu tomei algumas vezes e não gostei. Já o vinho branco da casa é bem honesto.


É possível fazer todos os pontos turísticos de Roma caminhando. A cidade não é muito grande mas se você não estiver preparado para essa longa caminhada pode usar o metro que funciona muito bem e te leva a quase todos os pontos do centro de Roma. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário