quinta-feira, 10 de março de 2016

Clima em Las Vegas


Já estive em Las Vegas duas vezes no verão, em Julho, e obviamente por ser uma cidade localizada no meio do deserto a temperatura é bastante quente. Muitas vezes um calor insuportável, não esqueça da proteção solar, bonés, chapéus e beba muita água. Esqueça os casacos e aproveite as piscinas dos hotéis. 


Um detalhe muito importante é não esquecer o hidratante para os lábios, para os olhos e para o nariz. A cidade tem uma umidade bastante baixa e é comum acontecer sangramentos no nariz e ressacamento dos lábios e olhos. 


Outro fator interessante que acontece com algumas pessoas são os "famosos" choques! Sim, a cidade da choque. Dizem que pelo mesmo motivo da baixa umidade é comum as pessoas levarem choques quando tocam praticamente qualquer coisa. 


Agora em Janeiro de 2016 estive na cidade pela primeira vez no inverno e a temperatura pela manhã era bastante gelada (algo em torno dos 5 graus ou menos), mas durante o dia chegava facilmente aos 12 graus, deixando o dia muito agradável.


Esqueça se acha que vai passar frio! Todos os restaurantes, bares, shoppings contam com aquecimento, inclusive aqueles restaurantes ao ar livre com vista para a Strip. Sim, eles também contam com aquecimento e muitas vezes morria de calor mesmo do lado de fora.


No verão a cidade é lotada, uma loucura para atravessar as ruas e os restaurantes sempre cheios. Já no inverno é bem mais tranquila, é possível comer em alguns estrelados sem reservas assim como conseguir ingressos para os teatros em cima da hora. Seja no verão ou inverno Las Vegas é vibrante, literalmente uma cidade que nunca dorme. 

Onde ficar em Las Vegas



Uma das minhas maiores preocupações quando monto meus roteiros é a escolha do hotel. São vários fatores que levo em conta como a localização, se é uma cidade que poderei andar a pé ou será preciso alugar carro, preço, piscina, vista do quarto, conforto, bons restaurantes, spa e outros detalhes e claro, em Las Vegas não foi diferente.


Os hotéis entre o MGM e Venetian, New York New York e Mirage são os mais bem localizados. É possível fazer praticamente tudo na cidade caminhando ou usando o transporte público que funciona muito bem. O carro só será necessário se for realizar passeios fora da Strip. 




Para percorrer o caminho entre alguns hotéis existem monorails gratuitos, mas o principal meio de transporte da cidade, o monorail liga o MGM ao Stratosphere. É possível comprar o ingresso avulso, para um dia e até para 7 dias. Os valores do Las Vegas Monorail variam de 5 dólares o trecho, 12 dólares um dia ou 56 dólares para 7 dias. 


Particularmente acho os melhores hotéis com relação custo benefício na cidade os seguintes: Mgm GrandNew York New York, Paris e Flamingo. Todos são antigos mas alguns quartos já foram reformados e contam com boa infraestrutura e localização.


Os classudos e deslumbrantes de Vegas são: Venetian, Mirage, Caesers Palace e Bellagio, todos são deslumbrantes, cheios de atrações e lojas de luxo. 


Mas se desejar algo moderno e muito bem localizado fique entre o Aria e o Mandarin Oriental. Já o famoso Wynn fica um pouco fora do centro badalado, assim como os mais afastados Hard Rock e o Rio


Se estiver visitando Vegas no verão lembre-se de escolher um hotel com uma linda piscina. Quase todos contam com enormes piscinas e em muitas delas acontecem festas badaladas. Se escolherem vistar a cidade no inverno esqueça delas, pois quase todas as piscinas ficam fechadas, para minha decepção.





sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Florença

Nossa estada em Florença foi rápida demais. Viemos desde Veneza, após um cruzeiro pelo mediterrâneo e alugamos um carro para conhecer algumas cidades Italianas. Terminando nossa viagem em Roma, nosso ponto de partida.


Assim que chegamos a cidade fomos procurar a famosa ponte Vecchio. Uma belíssima ponte em arco localizada no rio Arno.


Ao fundo podemos avistar a Galleria degli Uffizi. A galeria é um belo palácio que abriga um dos mais famosos museus do mundo. Lá se encontram salas dedicadas aos maiores artistas do Renascimento, como Leonardo da Vinci e Rafael. Também conta com uma grande coleção de quadros de Botticelli e obras de Michelangelo, Tiziano, Durer ou Rubens. É considerado um dos mais importantes museus do mundo.



Fomos então conhecer a a Piazzale Michelangelo. Fomos caminhando desde a Ponte Vecchio. Não é muito perto do centro mas como amamos caminhar em nossas viagens estamos acostumados, sem falar que ao longo do caminho fomos apreciando a beleza das ruas de Firenze. 


Para subir na colina é preciso subir uma escadaria de pedras mas pode apostar que valerá a pena. É na Piazzale Michelangelo que se encontra uma replica da estatua de Davi mas o melhor ainda está por vir!


Chegamos e pudemos ver a famosa vista que é a  mais linda de Florença e sem dúvida deve estar entre as mais belas do mundo. Ao fundo podemos ver o Duomo de Firenze, o Campanário, o Palazzo Vecchio, o rio Arno e a Galeria Degli Ufizzi. 



No final do dia ainda demos uma passada na famosa catedral de Firenze com seu famoso Duomo e a Igreja de Santa Maria del Fiore


Claro que não podíamos deixar de visitar a Galerria dell Accademia onde está a original estatua de David de Michelangelo.


Terminamos o dia novamente na ponte Vecchio, famosa também por suas lojas e restaurantes. Durante a segunda guerra mundial a ponte não foi danificada pelos alemães. Acredita-se que que isso tenha sido ordem direta de Hitler. Nossa próxima parada seria Pisa.